Portugal Home Week
11 Maio, 2019

Com o objetivo de promover e potenciar as relações comerciais entre Portugal e os EUA, designadamente através do melhor aproveitamento das novas oportunidades de negócios em muito potenciadas pela presença em eventos internacionais, a associação de mobiliário APIMA, em colaboração com AICEP – fileira casa, dinamizou uma viagem de prospeção, a dois eventos com perfis diferentes, mas que estão orientados e focados nas linhas estratégicas pensadas e trabalhadas dentro da fileira casa.

  • A HD que tem lugar em Las Vegas www.hdexpo.com, é a principal feira americana para o mercado da Hotelaria, referencia como sendo a mais importante e dinâmica na América do Norte e Latina.
  • A International Contemporary Furniture Fair www.icff.com, é a feira de eleição para o mercado Nova-iorquino, onde residem os principais gabinetes de decoração de interiores para o mercado americano.

Esta missão foi pensada para que de uma forma direta, imediata e personalizada se possa perceber quer a dimensão do mercado, quer a procura do mesmo, para que seja possível considerar e ponderar uma participação mais concertada e assertiva nos EUA, bem como surpreender através de um posicionamento promocional mais alargado, com uma oferta integrada em conceitos de decoração, onde seja possível transmitir e criar emoções e experiências a quem procura produto diferenciador. 

Esta foi uma excelente oportunidade para enriquecer conhecimentos, esclarecer dúvidas, obter uma visão mais clara sobre como as empresas se devem posicionar e promover de uma forma sustentada e segura, num grande mercado de consumo, numa clara aposta de reposicionamento de um país mais forte, mais presente e mais posicionado.

Num total participaram 13 empresas de diversos setores, tais como têxteis lar, mobiliário, soluções em vidro, cerâmica de mesa, lareiras, entre participações na feira e na missão. A AIPI apresentou-se na ICFF representado o setor da iluminação, com um total de 15 marcas.

Estados Unidos é um mercado competitivo, com regras comerciais muito próprias, mas apesar destes constrangimentos, ficou bem presente que as empresas portuguesas que já amadureceram a sua comunicação e posicionamento têm todas as características necessárias para se destacarem e garantir a sua presença neste mercado. 

Esta missão permitiu perceber que só em parceria e colaboração setorial, Portugal poderá garantir e transmitir a excelência da qualidade nacional.